top of page
  • Patrícia Segurado Nunes

Sobre Psicanálise




Originalmente baseado no trabalho de teoria da personalidade de Sigmund Freud, a psicanálise contemporânea tem sofrido muitas mudanças e é, ainda hoje, uma poderosa forma de terapia. A psicanálise e a psicoterapia psicanalítica foca os pensamentos e sentimentos inconscientes que determinam o comportamento, os vários estados de humor e sua interferência nas relações interpessoais. Tanto a terapia psicanalítica como a psicanálise são conduzidas por um profissional treinado e com habilitações específicas que ajudam a explorar os conflitos da mente e as fontes de perigo da sua vida emocional. Os muitos problemas que levam as pessoas a uma psicoterapia podem ser abordados em maior profundidade na psicoterapia psicanalítica: sentimentos de depressão, problemas de relacionamento, confusão de identidade, a experiência da perda, as dificuldades de uma família de origem. Questões de longa data que nunca parecem chegar a uma resolução confortável, na maior parte das vezes são melhor abordados em psicoterapia psicanalítica e psicanálise. Para algumas pessoas, no entanto, pode haver um desejo de "ir mais fundo". Assim, é necessário um compromisso que exige a pessoa se comprometa com sessões 3-4 vezes por semana. Na psicoterapia psicanalítica e psicanálise, com o tempo e com a intensidade das sessões mais frequentes promove-se uma compreensão mais abrangente de si mesmo. Entrar neste tipo de compromisso pode parecer assustador. É um processo árduo, porém o processo de tratamento psicanalítico é profundamente gratificante e transformadora.


7 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Luto(s)

Comments


bottom of page